Ahora lobbygay.biwoo.com en tu móvil | Click here to create your biwoo.com  biwoo.com

search results "tag:discriminacao"

2shakes
closed

RÚSSIA: Homossexuais já podem doar sangue

Portugal continua á espera

12shakes
closed

Tribunal da Relação deu razão a despedimento de cozinheiro com HIV

O Tribunal da Relação de Lisboa considerou justificado e legítimo o despedimento de um cozinheiro infectado com HIV que trabalhava na cozinha de um hotel, confirmando decisão semelhante já tomada pelo Tribunal de Trabalho de Lisboa. Os três juízes desembargadores que assinam o acórdão tinham ao seu dispor dois pareceres científicos, um deles pedido pela Coordenação Nacional para a Infecção HIV/sida ao Centro de Direito Biomédico, que desmentem alegados riscos de transmissão de um cozinheiro. Mas ignoraram-nos na sua decisão de Maio deste ano.

8shakes
closed

Condutora de autocarro transsexual americana despedida por usar WC feminino

Krystal Etsitty era condutora de autocarros, e estava a meio da transição, quando foi despedida, em 2005, por usar o quarto de banho das mulheres. Krystal processou a Autoridade Rodoviária do Utah, que ganhou o caso, confirmando a decisão de a despedir, na primeira instância, e, depois, no tribunal federal. Os tribunais aceitaram a justificação da Autoridade Rodoviária: poderiam ter problemas se as outras mulheres no WC descobrissem a transsexualidade dela. Oito grupos americanos de defesa dos direitos humanos apoiaram a queixa de Krystal.

12shakes
closed

De Steven para Susan, de gestora municipal para desempregada

Steven Stanton era a gestora municipal da cidade de Largo, na Flórida, há 14 anos, até ao dia que os colegas descobriram que planeava fazer a transição, e passar para Susan. Foi despedida em Março, alegadamente não por causa da transsexualidade, mas por já não haver 'confiança no seu profissionalismo'. Apesar da reacção de indignação de grande parte da opinião pública, não foi readmitida. Em Maio mudou legalmente o nome. Entretanto já se candidatou às câmaras de quatro cidades americanas diferentes. Não conseguiu nenhum dos lugares.

6shakes
closed

Cidadã deficiente angolana impedida pela TAP de viajar para Lisboa

Uma cidadã deficiente angolana foi quinta-feira impedida de viajar de Luanda para Lisboa num avião da TAP por não cumprir normas internacionais de segurança, como ter um acompanhante ou uma autorização médica para viajar sozinha, foi hoje denunciado. Carla Luís, coordenadora do programa de integração de crianças, jovens e mulheres portadoras de deficiência da organização não governamental Liga de Apoio à Reintegração dos Deficientes (LARDEF), pretendia fazer escala em Lisboa e viajar depois para Londres, onde tem uma reunião de trabalho.

8shakes
closed

Colaboração em estudo sobre discriminação por parte de profissionais de saúde

«Sou enfermeiro e encontro-me a frequentar o Mestrado em Bioética na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, no qual realizo um estudo sobre “Discriminação/LGBTfobia por parte dos Profissionais de Saúde em função da Orientação Sexual do Utente”. Este estudo científico tem como finalidade conhecer algumas das atitudes que os Profissionais de Saúde têm relativamente aos utentes LGBT. Actualmente existe pouca informação em relação a este assunto e, por isso, o seu contributo é muito importante.»

8shakes
closed

Escritor e dramaturgo, Arthur Miller, discriminou filho com síndrome de Down

Arthur Miller - escritor norte-americano - apoiou várias causas - foi contra a guerra do Vietname, opôs-se ao governo dos EUA pela perseguição aos comunistas, etc - mas não conseguiu reconhecer o seu filho Daniel(1966), portador do síndrome de Down. Conheceu-o apenas em 1995. Reportagem "El gran secreto de Miller" no Elpais: www.elpais.com/articulo/ultima/gran/secreto/Miller/elpepuult/20070901es

10shakes
closed

Portadores de HIV 'são enterrados vivos' na Papua Nova Guiné

Portadores do vírus HIV, que provoca a Sida, estão sendo enterrados vivos pelas suas próprias famílias na Papua Nova Guiné, afirma uma assistente social do país, no Oeste do Oceano Pacífico. Segundo Margaret Marabe, as famílias estão tomando esta decisão porque não têm condições de cuidar dos enfermos ou por medo de contrair a doença.

8shakes
closed

93.2% das empresas Fortune 500 têm políticas anti-discriminação homofóbica

Das 500 maiores empresas dos Estados Unidos, 466 têm políticas anti-discriminação em função da orientação sexual, uma protecção que a leis americanas ainda não garantem. Entre as que não oferecem essa garantia está contudo a nº2 do ranking elaborado pela revista Fortune e analisado pela Equality Forum, a Exxon Mobil.

16shakes
closed

O "deboche" de Alberto João Jardim

«Querer o casamento de homossexuais e tudo isso que o Governo socialista prepara, essas não são causas, são deboche, são degradação, é pôr termo aos valores que, nós, portugueses, a nossa alma nacional, tem desde o berço e que os nossos pais nos ensinaram». As palavras são de Alberto João Jardim. Resta saber se o Partido Social Democrata se demarcará destas afirmações e se o Partido Socialista estará disposto a assumir uma posição clara e a retirar esta lógica homófoba da própria lei.

21shakes
closed

Ainda é difícil sair do armário em Portugal

O CIES- Centro de Investigação e Estudos de Sociologia, organizou um Inquérito Nacional sobre Experiências da Homo(bi)sexualidade em Portugal. 14% dos inquiridos já se sentiram discriminados uma vez e 44% dizem ter sido discriminados mais do que uma vez. Segunda a investigadora Mónica Policarpo "o mais frequente é a violência simbólica, através de olhares, gestos, linguagem, comentários que representam a norma heterossexual dominante".

11shakes
closed

'Todos Diferentes Todos Iguais' sem referência à orientação sexual em Portugal

Partindo da célebre sondagem do Expresso, não é difícil concluir que a "minoria" mais numerosa em Portugal é a das pessoas não-heterossexuais. Mesmo assim, e mesmo sendo esse um dos objectivos da campanha a nível europeu, a campanha portuguesa do 'Todos Diferentes Todos Iguais' esqueceu a orientação sexual nos seus anúncios. Apenas nos cartazes há uma vaga referência a "sexualidade", ilustrada por um casal onde é difícil perceber o sexo, saltando apenas à vista a diferença racial. Site nacional: tdti.juventude.gov.pt/

11shakes
closed

BES cede à pressão e recua na intenção de pedir recurso da sentença

Após as recentes notícias e comunicado da associação ILGA Portugal, o BES decidiu "não dar seguimento ao recurso e acatar a decisão do tribunal" e rejeita as acusações de discriminação. Segundo uma fonte oficial do Banco Espírito Santo a "prova de que o BES não discrimina é dada pela própria decisão do tribunal que teve por base um caso anterior de concessão de crédito por parte do BES a um casal do mesmo sexo". Só parecem esquecer que na sentença isso serviu de prova para condenar a recente discriminação. Em todo o caso, uma óptima notícia.

12shakes
closed

Caso BES: ILGA Portugal enfatiza urgência da igualdade no acesso ao casamento

Reacção da ILGA Portugal ao caso de discriminação de um casal gay por parte do Banco Espírito Santo, feita ao abrigo da actual lei do casamento civil: «É que só há duas posturas em relação à discriminação: quem é contra, combate-a; quem é a favor, mantém-na. A Associação ILGA Portugal desafia mais uma vez o Governo e a Assembleia da República a fazerem a sua escolha.»

13shakes
closed

BES discrimina casal gay no acesso ao crédito à habitação

Um casal de homens em união de facto ganhou o primeiro combate de uma batalha jurídica contra o BES para ver reconhecido o direito a comprar casa com recurso a crédito tal como qualquer outro casal. Em 2003, a ILGA Portugal fez um estudo relativamente a esta questão - os resultados estão em www.ilga-portugal.pt/glbt/sociedade20030402.htm, sendo que a CGD, o BPI e o Totta/Santander tinham já políticas não discriminatórias. E se boicotássemos tod@s o BES?

6shakes
closed

Polícias homossexuais austríacos mantêm site contra a discriminação

Para denunciar a discriminação de que são alvo nos seus locais de trabalho, os polícias homossexuais austríacos criaram uma rede de socorro on-line onde se podem informar, pedir ajuda e reunirem-se. "Gay Cops Austria" (www.gaycopsaustria.at) reúne, anonimamente, gays e lésbicas empregados de todas as forças de ordem dependentes do Ministério do Interior. A organização ajuda não só em casos de discriminação nos locais de trabalho, mas também de cidadãos homossexuais discriminados pela polícia.

9shakes
closed

Dois homens expulsos de um bar em Barcelona por se beijarem

Dois homossexuais apresentaram junto dos Mossos d'Esquadra (a polícia catalã) queixa contra um bar de onde terão sido expulsos por se terem beijado. A expulsão foi acompanhada da "recomendação" para que fossem para um bar gay. O Colectivo Gay de Barcelona já convocou um beijaço de protesto para a próxima sexta-feira à tarde no bar do incidente, o Chekere Jazz, na rua Ample.

9shakes
closed

Consulta da Comissão Europeia: a discriminação é importante?

Uma oportunidade de fazer a Comissão Europeia saber que em Portugal (e não só) a discriminação com base na orientação sexual acontece nos hospitais, nas escolas, na habitação, nos seguros - ou mesmo nos serviços de adopção e do registo civil. É fácil, rápido e potencialmente eficaz: com muitas respostas, podemos vir a ter uma directiva que incida sobre muitos destes aspectos e que vincule todos os países da União Europeia. Inquérito em ec.europa.eu/yourvoice/ipm/forms/dispatch?form=DiscriminationT

« previous1» next

terms and conditions  |    |  Contact to biwoo.com
code:licence, download  |  modification code  |  images licence   |  content licence
Valid XHTML 1.0 Transitional    Valid CSS!   [Valid RSS]